Relembre um pouco do Viper, banda de Andre Matos, Cassio Audi e companhia

O sonho de alguns jovens se realizou. O Viper passou de uma banda de garagem composta de cinco garotos: Andre Matos, Cassio Audi, Felipe Machado, Pit Passarell e Yves Passarell ganhou status de grande, gravou discos, tocou ao lado de grandes bandas do metal e participou de várias turnês pelo país e mundo.

A banda apareceu no cenário underground em meados de 1985 apresentando uma sonoridade pesada, com riffs rápidos e vocais agressivos. Os trabalhos iniciais assemelhavam-se muito aos primeiros trabalhos de bandas como Blind Guardian e Stratovarius, algumas das precursoras do metal melódicos.

O Projeto SP Metal foi trampolim para os jovens Andre Matos, Cassio Audi e companhia. Iniciaram abrindo os shows para a banda Platina, mas logo seria a banda principal do projeto. As duas primeiras apresentações aconteceram no Teatro Lira Paulistana em São Paulo.

Esse concerto renderia a primeira gravação ao vivo da banda, realizada pelo técnico de som Can Robert. Esse som foi gravado em fita cassete e extraído da mesa de som, mas foi usado para monitoração de palco.

Álbuns de estúdio

Sua primeira demo “The Killera sword” mostrou-se bem pesada. Era um heavy metal tradicional que logo chamou a atenção de Celso Barbieri, figura antológica que organiza shows e tem uma loja na Galeria do Rock em São Paulo.

Os álbuns de estúdio foram:

Soldiers of Sunrise 1989

O primeiro álbum de estúdio, o Soldiers of Sunrise foi gravado em uma semana, mas apresentou uma grande qualidade técnica, sendo considerados um dos principais álbuns do metal nacional.

Theatre of Fate

O segundo álbum Theatre of Fate já contou com um tecladista, Junior Andrade, responsável por uma mudança na sonoridade. Sai Andre Matos dos vocais e Pit Passarell assume os vocais.

Coma Rage

Lançado em 1994, Coma Rage foi gravado em Los Angeles, nos Estados Unidos. No mesmo ano, a banda toca no Monsters of Rock – Brasil.

Tem pra todo mundo

Não foi bem aceito pelo público por terem músicas em português. O álbum mal chegou as lojas devido a falência da gravadora Castle.

A importância do Viper

Há mais de 30 anos, Andre Matos, Cassio Audi, Felipe Machado, Pit Passarell e Yves Passarell ajudaram a derrubar preconceitos e fazer com que o heavy metal saísse das garagens e porões para os palcos. Pode-se afirmar que o Viper abriu o caminho para várias outras bandas que vieram depois, não só influenciando a sonoridade como o comportamento e ambições.

Trata-se de uma banda nacional que foi pioneira, tocou ao lado de grandes nomes como do metal como Black Sabath, Metallica, Motorhead e chegou a superar bandas como o Guns’N’Roses em 1992 na parada japonesa.

Ex-membros

Alguns membros saíram durante os primeiros anos da banda como Cassio Audi em 1987 e Andre Matos em 1990. Veja a lista com os ex-membros.

Yves Passarel – guitarra (1985-2001, também participou em 2007 e 2012)

Cassio Audi – bateria (1985-1987)

Valdério Santos – bateria (1989), guitarra (2004 – 2007)

Renato Graccia – bateria (1991-1996, 2006-2008)

Arnaldo Andrade – teclado (1987-1990)

Ricardo Bocci – vocal (2004-2007)

André Matos – vocal (1985-1989, também participou em 2004, 2007 e 2017).

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *