Presidente americano reduz territórios de reservas localizadas no estado de Utah

Em mais uma decisão polêmica, o presidente americano Donald Trump declarou a sua decisão de diminuir o território de duas reservas do país localizadas em Utah, reduzindo para menos da metade  as suas áreas de preservação.  De um lado ele foi aplaudido pela ala do Congresso Nacional que é a favor do desenvolvimento na região, e por outro lado grupos de ambientalistas e indígenas devem entrar com ações judiciais para tentar reverter essa decisão.

Isso tudo aconteceu depois de um pedido do Departamento do Interior, para que houvesse uma revisão de todas as reservas e monumentos, nomeados pelos outros presidentes anteriores a Donald Trump. O objetivo dessa decisão é dar mais autoridade aos governos dessas regiões, sobre esses territórios.

O presidente declarou, que existem pessoas que acreditam que as reservas naturais precisam ser dirigidas, por um grupo limitado de membros da burocracia que ficam em Washington. Mas o que essa decisão representa é que essas pessoas estão erradas, completou ele no capitólio de Utah junto com Gary Herbert, governador do estado.

No caso dos parques nacionais a situação é diferente, já que qualquer decisão em relação a eles, precisa passar pelo Congresso do país. No caso dos monumentos, mesmo se eles forem reservas, podem ser nomeados de maneira parcial pelo presidente através da Lei das Antiguidades, que preserva objetos históricos e locais sagrados.

O atual presidente declarou que os seus antecessores exageraram na utilização da Lei das Antiguidades, e transformaram extensos territórios em áreas preservadas indevidamente. Essa decisão visa aumentar a produção de energia americana, usando essas terras das reservas para pastagem, perfuração, mineração, criação de novas estradas e para algumas outras atividades.

Depois dessas declarações, o presidente Donald Trump assinou as reduções das reservas, sendo que uma diminui o Monumento Nacional Bears Ears, designado por Barack Obama em 2016. O Monumento Nacional Grand Staircase-Escalante também vai sofrer uma redução em suas áreas, e passará a ter quase a metade da sua extensão atual, que é de 1,9 milhões de hectares. Ele foi criado por Bill Clinton, no ano de 1996.

 

No ano passado, algumas reservas tiveram as suas áreas calculadas novamente, mas nenhuma apresentou a redução igual às que foram feitas em Utah. O presidente afirmou que essas reduções visam ajudar a população em relação à caça e o aumento das áreas de pastagens.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *