Uso indevido de medicamentos é apontado como maior causador de intoxicação

Um levantamento realizado pelo Ciatox – Centro de Informação e Assistência Toxicológica, que corresponde a Unicamp – Universidade de Campinas, revelou que a maioria dos casos de intoxicação atendidas pelo Ciatox estão relacionados com o uso de medicamentos. Segundo os dados da universidade, o consumo de remédios responde por um total de 33,62% dos casos de intoxicação, sendo mais que o dobro dos casos ocorridos por consumo de produtos químicos e por picadas de animais considerados peçonhentos.

O estudo da universidade ainda identificou que as maiores vítimas de intoxicação são as crianças e os idosos. Dentre os medicamentos, os antitérmicos são os que mais aparecem nos casos de intoxicação por medicamentos nos dados do Ciatox.

Segundo a universidade, o estudo considerou um total de 5.420 casos atendidos pelo Ciatox ainda em 2017. Dentre esse total, cerca de 1.822 casos estavam relacionados com intoxicação por medicamentos. Para quem mora em Campinas, as consultas podem ser realizadas também pelo telefone do Ciatox: (19) 3521-7555.

O centro toxicológico ainda identificou que outras quatro causas aparecem como as mais comuns para os casos de intoxicação, sendo eles: produtos domissanitários (removedores, detergentes, alvejantes e outros), animais venenosos/peçonhentos, animais não venenosos/não peçonhentos e produtos químicos industriais ou residenciais.

Embora exista quatro outros tipos de intoxicação, o Ciatox está preocupado com o aumento do número de intoxicação relacionado a medicamentos. O fundador do Ciatox, Ronan José Vieira, revelou que esse tipo de intoxicação está presente no mundo todo, e que atualmente, os medicamentos são os maiores causadores de intoxicação no mundo. Ele ainda alerta que essa intoxicação pode acontecer com os mais simples medicamentos.

“Anti-inflamatórios, medicamentos para dor, hipnóticos provocam intoxicações, e também os antitérmicos, que podem dar intoxicação”, revelou Vieira.

Além da dose excessiva de medicamentos, muitas pessoas ainda possuem o péssimo hábito de se automedicarem. A automedicação pode causar diversos problemas, dentre eles a intoxicação medicamentosa. “As intoxicações de automedicação têm conveniências, efeitos e interação com outros medicamentos. Se ele, às vezes, dá problema mesmo receitado criteriosamente, usando amadoristicamente é muito mais comum haver problema mais grave e mais frequente”, disse Vieira.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *