Base de provocações, Lucas Lima criou uma relação amistosa com a torcida rival

Desde 2011, Lucas Lima possui um laço com o rival palmeiras. Na época, o jogador fazia parte equipe da Inter de Limeira, e no mesmo ano, o camisa 10 chegou a participar de treinos na equipe B do Palmeiras, enquanto ainda estava inserido no Inter, mas não houve fechamento de contrato com o clube paulista.

Na época o jogador havia sido aconselhado a não aceitar a proposta salarial do clube alviverde, pois segundo o técnico da equipe do interior, ele tinha futebol para entrar em clubes maiores da primeira divisão. O valor da proposta era de R$5 mil mensais, valor considerado abaixo do que o jogador valeria.

Em 2012, o jogador foi transferido para o Internacional, mas não se firmou, sendo “rebaixado” para o time sub-23. Ele então foi emprestado ao Sport no ano seguinte, onde se destacou. Após estar em alta, o clube santista se interessou pelo jogador e o contratou em 2014.

O jogador constantemente acessasuas redes sociais com muita irreverência. E toda vez que a equipe do Palmeiras ia mal a algum jogo ou apenas perdia, Lucas Lima sempre fazia questão de “jogar na cara” dos alviverdes a derrota com suas zoações. A partir disso, o Palmeiras começou a responder as suas publicações polêmicas e passou a perseguir o jogador, entrando nesse jogo de tiradas jocosas.

“Eles entram em meu Instagram com tanta frequência que eu já até ganhei mais seguidores. Sou grato por isso. Podem continuar enviando mensagem (rs). Temos uma rivalidade sadia. Não tenho nada contra o clube fora de campo. Eu adoro provocar. Torcida é complicado. Eu brinco uma vez, eles brincam mil e ainda enviam fotos. Só tenho a agradecer aos seguidores.”, Afirmou o meia santista em entrevista.

Quando o Palmeira foi goleado por 4 a 1 pelo Água Santa em 2016, o atacante publicou: “Tudo isso? (risadas)”, em sua rede social e ganhou uma série de curtidas da torcida rival do clube alviverde.

Um incidente em campo afastou o jogador, Lucas Lima na partida do próximo sábado (30) contra o rival, Palmeiras, pela liga brasileira. O jogo acontecerá na arena alviverde e promete pegar fogo.

Brasil pode ser um dos responsáveis pela diminuição de tubarões no mundo

Image result for extincao de tubaroes

O Brasil é o país que mais consome carne de tubarão no mundo, podendo ser responsabilizado pela diminuição da quantidade desses animais nos oceanos.

Esses dados fazem parte de uma pesquisa realizada por cinco brasileiros, e que tiveram um artigo divulgado no Marine Policy (Política Marinha, em uma tradução livre para o português). Vários dados foram analisados, e os pesquisadores chegaram na quantidade consumida anualmente pelos brasileiros, que chega a 45 mil toneladas. Para chegar nesses dados, eles pesquisaram em publicações governamentais, outros artigos científicos, informações internacionais e ainda outros elementos para chegar a essas conclusões.

Um dos principais causadores desse cenário nada positivo, é que carregamentos internacionais abastecem o comércio de nadadeiras de tubarão, muito apreciadas principalmente no leste do continente asiático. Iguarias como  sopa de barbatana  e de nadadeiras de tubarão, possuem apelo afrodisíaco e eles também significam poder e riqueza para os chineses.

No continente asiático, um quilo de nadadeira desidratada por exemplo, de tubarão-martelo, pode chegar a custar cerca de US$ 1,5 mil. Aqui no Brasil, o preço do quilo da carne de tubarão custa cerca de R$ 30 no máximo.

Esses carregamentos internacionais, são proibidos de conservar as nadadeiras e jogar no mar o resto dos tubarões, para que os seus porões possam estocar mais quantidade de barbatanas. Quando o problema estava perto de um colapso em 1998, o Brasil foi o primeiro país que assinou um acordo internacional, que tornava esse tipo de ação em crime.

Com intenções de continuar comercializando as barbatanas, e conseguir vender o restante da carne de tubarão, essas frotas internacionais viram o Brasil como uma solução, depois que essa proibição começou a vigorar.

Eles vendem para o Brasil e também para o México, as carnes de tubarão que nenhum outro lugar no mundo, quer consumir.

Mas existe um motivo para que outros países não consumam esse predador, já que o tubarão é um animal que devido aos organismos que ele come, há uma maior concentração de metais pesados, que através de um processo chamado de bioacumulação, como o mercúrio e o arsênio, que se forem ingeridas em quantidades maiores, podem ocasionar problemas cerebrais.

 

Mais um crime que chocou o Brasil: Atleta de hockey é assassinado por PM ciumento

O Jogador de hockey, Mateus Garcia Vasconcelos Alves, 24 anos de idade, foi assassinado pelo soldado da Polícia Militar Jarbas Conferai Neto, de 23 anos.

Segundo a Polícia Militar, o autor do homicídio cometeu o crime por motivo passional. As investigações apontam, que o atleta foi atraído, durante seis meses, para que pudesse se encontrar com o policial. O autor do crime conseguiu atrair a vítima através de um perfil falso.

O jovem atleta foi assassinado na segunda-feira, dia 18 de setembro. Mas mesmo baleado na nuca, o rapaz ainda se deslocou pela rua Nicolau Guirão Perez, centro, e foi socorrido e levado para o hospital municipal de são Vicente, em São Paulo. Porém o atleta não resistiu ao ferimento e faleceu no hospital.

A polícia só conseguiu chegar ao autor do crime, depois de 12 horas de apurações e investigações. O crime foi esclarecido através de gravações de câmeras de monitoramento de imóveis próximos ao local do crime. As imagens mostraram que o atleta chegou ao local em um táxi e após a sar do veículo o PM abordou a vítima, o fazendo virar de costas, ajoelhar, colocar as mãos sobre a cabeça e entregar o celular. Logo depois, o PM disparou um único tiro que atingiu a nuca de Mateus, ocasionando sua morte. Ao prestar depoimento, o Policial confessou que matou o jovem porque que a vítima perseguia sua esposa.

Segundo o delegado de Polícia, o crime foi motivado porque a companheira do PM e Mateus estudaram juntos há dez anos atrás e tinham uma amizade. A companheira do Policial, ao prestar depoimento, disse que há um ano atrás Mateus ainda insistiu em ter um contato com ela, mas que depois de um tempo, eles não mantiveram mais contato.

O delegado apurou que o PM, acreditando que estava sendo enganado pela namorada, criou um perfil falso de sua esposa para atrair a vítima, e que as conversas ocorreram durante um período de seis meses até o encontro que ocasionou a morte da vítima.

Após a confissão, o PM está preso temporariamente, no presidio militar Romão Gomes, esperando o julgamento pelo assassinato do atleta.

Relembre um pouco do Viper, banda de Andre Matos, Cassio Audi e companhia

O sonho de alguns jovens se realizou. O Viper passou de uma banda de garagem composta de cinco garotos: Andre Matos, Cassio Audi, Felipe Machado, Pit Passarell e Yves Passarell ganhou status de grande, gravou discos, tocou ao lado de grandes bandas do metal e participou de várias turnês pelo país e mundo.

A banda apareceu no cenário underground em meados de 1985 apresentando uma sonoridade pesada, com riffs rápidos e vocais agressivos. Os trabalhos iniciais assemelhavam-se muito aos primeiros trabalhos de bandas como Blind Guardian e Stratovarius, algumas das precursoras do metal melódicos.

O Projeto SP Metal foi trampolim para os jovens Andre Matos, Cassio Audi e companhia. Iniciaram abrindo os shows para a banda Platina, mas logo seria a banda principal do projeto. As duas primeiras apresentações aconteceram no Teatro Lira Paulistana em São Paulo.

Esse concerto renderia a primeira gravação ao vivo da banda, realizada pelo técnico de som Can Robert. Esse som foi gravado em fita cassete e extraído da mesa de som, mas foi usado para monitoração de palco.

Álbuns de estúdio

Sua primeira demo “The Killera sword” mostrou-se bem pesada. Era um heavy metal tradicional que logo chamou a atenção de Celso Barbieri, figura antológica que organiza shows e tem uma loja na Galeria do Rock em São Paulo.

Os álbuns de estúdio foram:

Soldiers of Sunrise 1989

O primeiro álbum de estúdio, o Soldiers of Sunrise foi gravado em uma semana, mas apresentou uma grande qualidade técnica, sendo considerados um dos principais álbuns do metal nacional.

Theatre of Fate

O segundo álbum Theatre of Fate já contou com um tecladista, Junior Andrade, responsável por uma mudança na sonoridade. Sai Andre Matos dos vocais e Pit Passarell assume os vocais.

Coma Rage

Lançado em 1994, Coma Rage foi gravado em Los Angeles, nos Estados Unidos. No mesmo ano, a banda toca no Monsters of Rock – Brasil.

Tem pra todo mundo

Não foi bem aceito pelo público por terem músicas em português. O álbum mal chegou as lojas devido a falência da gravadora Castle.

A importância do Viper

Há mais de 30 anos, Andre Matos, Cassio Audi, Felipe Machado, Pit Passarell e Yves Passarell ajudaram a derrubar preconceitos e fazer com que o heavy metal saísse das garagens e porões para os palcos. Pode-se afirmar que o Viper abriu o caminho para várias outras bandas que vieram depois, não só influenciando a sonoridade como o comportamento e ambições.

Trata-se de uma banda nacional que foi pioneira, tocou ao lado de grandes nomes como do metal como Black Sabath, Metallica, Motorhead e chegou a superar bandas como o Guns’N’Roses em 1992 na parada japonesa.

Ex-membros

Alguns membros saíram durante os primeiros anos da banda como Cassio Audi em 1987 e Andre Matos em 1990. Veja a lista com os ex-membros.

Yves Passarel – guitarra (1985-2001, também participou em 2007 e 2012)

Cassio Audi – bateria (1985-1987)

Valdério Santos – bateria (1989), guitarra (2004 – 2007)

Renato Graccia – bateria (1991-1996, 2006-2008)

Arnaldo Andrade – teclado (1987-1990)

Ricardo Bocci – vocal (2004-2007)

André Matos – vocal (1985-1989, também participou em 2004, 2007 e 2017).

Novo representante brasileiro é anunciado para o cargo de diretor do Facebook

Image result for Conrado Leister

A rede social Facebook anunciou no dia 22 de setembro que contratou Conrado Leister para ser diretor das operações aqui no Brasil. O atual diretor já dirigiu as operações da empresa SAS, especializada em soluções de software, aqui no Brasil e na América Latina.

Após o pronunciamento feito pelo Facebook o novo diretor afirmou: “Estou entusiasmado em me unir ao Facebook, que está mudando a maneira como as pessoas no Brasil se conectam e se aproximam ao redor de seus interesses comuns, e também fazem negócios”.

O novo diretor, Conrado Leister, ainda revelou em nota: “Eu acredito no poder transformador da tecnologia, e estou empolgado com a oportunidade de ajudar a conduzir esta conversa no Brasil.”

Conrado Leister é formado em Engenharia Elétrica pela USP – Universidade de São Paulo. Além de sua graduação, Leister possui MBA executivo realizado pela Escola de Negócios Fuqua, que faz parte da Universidade de Duke, localizada nos Estados Unidos.

Já o atual vice-presidente da rede social que monitora todas as operações na América Latina, Doego Dzodan, disse que está animado sobre a nova contratação: “Estamos animados em contar com o Conrado para liderar nosso time no Brasil nesta nova fase de crescimento”. O vice-presidente para a América Latina ainda completou em nota sobre o assunto: “No Facebook, estamos focados em aproximar as pessoas e ajudar as empresas brasileiras em seu processo de transformação digital, construindo soluções que as ajude a ter sucesso na nova economia móvel.”

Com o novo diretor, a rede social espera ampliar a sua conectividade no Brasil de um modo que a interatividade alcance um número maior de pessoas. Além de mais usuários e investidores brasileiros interessados no Facebook, a rede social espera conquistar um público maior no Brasil em relação a serviços disponibilizado dentro do Facebook, como os espaços publicitários.

O novo diretor será como uma base instalada da empresa dentro do Brasil, onde os usuários poderão se aproximar mais das soluções da empresa e as empresas que buscam parcerias poderão encontrar suporte de uma maneira mais eficiente. Além disso o novo diretor será como um representante brasileiro em relação a rede social em questões jurídicas.

 

Bebê nasce durante furacão Irma e mãe o homenageia com um nome inusitado

 

As vezes o inacreditável pode acontecer quando e onde menos imaginamos e esperamos. Foi o que aconteceu com uma mulher americana que sentiu as dores de parto e deu à luz a seu bebê sozinha em meio a passagem do furacão Irma.

O furacão Irma foi devastador. Destruiu várias ilhas do caribe e foi considerado, na escala de Saffir-Simpson, um furacão de categoria 5, o mais forte, e que causou grande destruição por onde passou. O Irma possuía cerca de 50 quilômetros de diâmetro com ventos e nuvens devastadores.

Na manhã de domingo do dia 10 de setembro, o furacão teve passagem pela cidade de Miami, nos Estados Unidos. Todos os moradores do bairro Little Haiti, foram orientados a deixarem a cidade por causa do furacão. Mas uma mulher que ainda estava no bairro começou a sentir as dores do parto e tentou ligar para a emergência de Miami. Para sua sorte, a linha telefônica ainda não havia sido desativada.

O corpo de bombeiros foi acionado, porém não havia condições de ir socorrer a mulher por causa da força do furacão.

A mulher teve que fazer os procedimentos do parto sozinha na sua casa, mas ela contou com a ajuda de uma atendente que conseguiu passar as devidas instruções via telefone. A atendente era Eloy Garcia, que teve ajuda ainda, de um médico do corpo de bombeiro.

Após a passagem do furacão, o corpo de bombeiro foi ao encontro da mulher para prestar socorro. Ela foi levada para um hospital onde o bebê recebeu os devidos cuidados, até receber alta.

A mãe ficou tão emocionada por ter conseguido trazer ao mundo seu bebê sozinha, que resolveu prestar uma homenagem a ele. A criança recebeu o nome de Nayiri Storm, que tem como significado em português “tempestade”. O caso repercutiu no mundo inteiro após o polícia de Miami postar em seu perfil, numa rede social, o acontecimento.

A polícia militar postou uma foto desejando boas-vindas a criança e felicitando os oficiais envolvidos na prestação de socorro à mulher.

Conheça um pouco da rotina de José Auriemo Neto – presidente da JHSF

Image result for José auriemo Neto

José Auriemo Neto é um exemplo para quem quer vencer. O empreendedor é presidente da JHSF, atualmente a maior incorporadora do país, mas quem acha que sua rotina é simples se engana. Zeco, como é conhecido pelos amigos, acorda cedo e por volta das 8 horas já está trabalhando em seu escritório em uma rua movimentada de São Paulo-capital.

A rotina, em algumas vezes, só termina lá pelas 22 horas e só é quebrada quando o executivo visita algum canteiro de obras ou apresenta um imóvel a um comprador em potencial. Sua disposição para o trabalho continua mesmo nas férias (que raramente costuma tirar). Em uma delas foi para França com a família e mesmo lá agendou visitas com investidores europeus de um empreendimento aqui no Brasil.

Zeco trabalha quase todos os sábados e também passa parte dos domingos procurando boas oportunidades de terrenos de helicóptero.

Desde pequeno já mostrava sinais que tinha um espírito inquieto. José Auriemo Neto aprendeu aos 9 a dirigir com os pais e aos 10 já dirigia na fazenda e na praia. Entre aos 11 e 13 participou de um acampamento do Cisv – Convivência Internacional de Jovens no Japão. Depois foi jogar futebol em um time amador na Noruega.

Durante a adolescência ele treinou montaria a cavalo. Passou 2 meses treinando com Nelson Pessoa Filho (pai de Rodrigo Pessoa) na Bélgica. Aos 17, iniciou no mundo dos negócios com uma pequena redee de estacionamentos. Começou a cursar engenharia na Faap, mas abandonou no 4º ano, mesmo com a recusa da mãe.

A JHSF

A JHSF nasceu em 1972 ainda com o nome JHS atuando no segmento da construção civil. A companhia projetou e construiu diferentes empreendimentos como edifícios, lojas e centros comerciais, agências bancárias, restaurantes, entre outras.

A mudança no nome ocorreu em 1990 após uma cisão na companhia e a entrada de Fábio Auriemo, pai de José Auriemo Neto. O foco continuou no segmento da construção civil, contudo ela buscou novos ares. Hoje é a maior incorporadora do país e uma das mais respeitadas da América Latina.

Ao longo de sua história a empresa expandiu seus ramos de atuação passando para administração de centros comerciais de alto padrão, administração de aeroportos, hotelaria e gastronomia. Ao longo de sua tragetória foram mais de 6 milhões de metros quadrados desenvolvidos ou construídos pela incorporadora.

Em 2003 José Auriemo Neto assumiu a presidência-executiva da JHSF. Um dos empreendimentos conduzidos por ele de maior destaque foi o Parque Cidade Jardim, na cidade de São Paulo complexo de torres formadas por edifícios residenciais, comerciais e um shopping de alto padrão.

Além dele é possível destacar o empreendimento Fazenda Boa Vista, em Porto Feliz, no interior do estado de São Paulo. O residencial é composto por 800 lotes e casas em uma área total superior a 12 milhões de metros quadrados.

A empresa de José Auriemo Neto ainda administra os shoppings Cida Jardim e Catarina Fashion Outlet, ambos no estado de São Paulo. São centros comerciais de alto padrão que dispõem de lojas famosas como Louis Vuitton, Rolex, Gucci, entre outras.

Filme: Bingo – O rei das Manhãs disputará vaga no Oscar

Resultado de imagem para Filme: Bingo - O rei das Manhãs disputará vaga no Oscar

Bingo – O rei das Manhãs estava concorrendo com mais 22 filmes nacionais. O anúncio da participação do filme na disputa ocorreu na manhã de 15 de setembro, em São Paulo.

Tendo sua indicação feita pelo Brasil para concorrer a uma vaga e tentar a “sonhada” estatueta do Oscar na categoria de Melhor Filme Estrangeiro, o filme “Bingo” tem sua inspiração criativa baseada na vida de Arlindo Barreto, exatamente o intérprete que fez o palhaço Bozo. Sua estreia no cinema foi em 24 de agosto de 2017. O ator Vladimir Brichta é o responsável por entregar vida ao protagonista do filme.

Um dos fatores interessantes do filme, aposta nacional, é que os acontecimentos, quase que em sua totalidade, tem paralelo traçado com a realidade, mesmo que muito embora algumas cenas tenham sido mais “aprimoradas” no roteiro. O diretor Daniel Rezende, já bem conhecido dos brasileiros por trabalhos como: Tropa de Elite, no ano de 2007, bem como Diários de Motocicleta, em 2004 e também Cidade de Deus em 2002, explicou que “os personagens foram fundidos, invertendo-se coisas e suprimindo-se o tempo porque o filme, em sua essência, necessita disso.”

A comissão que indicou o filme explicou que os critérios para tal, foram reforçados porque o filme expressa o universo brasileiro e tem uma boa linguagem cinematográfica, fatorer que podem ser interessantes para que haja uma melhor “compreensão mundial”.

Segundo Miguel Faria Junior, foi uma escolha difícil, pois estavam no páreo obras muito relevantes, com qualidade, sendo que existiam de 3 a 4 filmes que poderiam representar muito bem o país. David Schurmann corroborou o comentário dizendo que a atual safra de filmes havia sido incrível.

Além de Miguel Faria Junior e David Schurmann, também fizeram parte da comissão: Jorge Peregrino, Lafa Britz, Andre Carreira, Doc Comparato e também João Daniel Tikhomiroff.

Bingo: O rei das Manhãs também foi escolhido para que represente o Brasil na 32ª edição dos Prêmios Goya, tratando-se da premiação principal do cinema na Espanha.

 

Algumas das mais novas atrações escolhidas pela Unesco como Patrimônios Mundiais

O comitê da Unesco responsável por escolher as novas atrações, que serão incluídas na lista do Patrimônio Mundial, se reúnem todos os anos. O último encontro foi realizado na Turquia, na sua 40ª edição e escolheu 21 novos locais, sendo que seis deles são naturais, doze são culturais e três são mistos, que se caracterizam por possuírem características humanas e naturais. Algumas dessas novas preciosidades mundiais são:

Dólmens de Antequera, Espanha – Escolhido por abrigar os Dólmens de Menga e Viera e os Túneis de El Romeral, que são magníficos vestígios da pré-história europeia, eles também são tumbas funerárias coletivas, que foram construídas com grandes blocos de pedra.

Image result for Dólmens de Antequera, Espanha

Estaleiro de Antígua, Antígua e Barbuda – Construído com a mão de obra escrava africana, pela marinha inglesa, esse estaleiro datado do século XVIII, é uma preciosidade da arquitetura georgiana.

Image result for Estaleiro de Antígua, Antígua e Barbuda

Sítio Arqueológico de Ani, Turquia – Este local que um dia foi uma cidade medieval, era a capital do Império Armênio. Nesse local também foram encontrados resquícios arquitetônicos de dois antigos impérios, o bizantino e seljúcida.

Image result for Sítio Arqueológico de Ani, Turquia

Sítio Arqueológico de Nalanda Mahavihara, Índia – Este foi o complexo mais antigo da monarquia e também acadêmico da Índia. Estudiosos acreditam que esse local foi muito significativo para o crescimento do budismo.

Related image

Sítio Arqueológico de Filipos, Grécia – Foi uma cidade grega, construída pelos macedônios no século 4 a.C. e conquistada pelos romanos no século 1 a.C., é constituída por teatros helenísticos, basílicas, fóruns romanos e templos funerários.

Cavernas de Gorham, Reino Unido – São formadas por quatro grutas no Rochedo de Gibraltar, que apresentam provas da existência dos neandertais há mais de 125 mil anos. São desenhos, rochas e vários tipos de objetos, que significaram muito nos estudos que foram feitos sobre a evolução humana.

Related image

Ruínas de Nan Madol, Micronésia – Essas ruínas megalíticas são vestígios de palácios, tumbas, templos e também de casas de uma dinastia muito antiga.

Related image

Conjunto arquitetônico da Pampulha, Belo Horizonte – A  Lagoa da Pampulha  é a única representante brasileira nesta lista, e foi incluída graças às suas construções com arquitetura moderna, projetadas por Oscar Niemeyer, e que estão integradas de forma harmoniosa com a paisagem natural do local.

Image result for Conjunto arquitetônico da Pampulha

Comparada ao Iron Maiden, banda de Cassio Audi lançou o primeiro trabalho há 32 anos

Composta por cinco garotos que gostavam de tocar Heavy Metal, a Banda Viper iniciou suas atividades de modo mais profissional no ano de 1985, época em que outros grupos musicais de destaque também lançaram seus discos. Os músicos André Matos, Cassio Audi, Felipe Machado, Pit e Yves Passarell tocavam canções deste que é um dos estilos musicais cujo sucesso aumentou com o passar dos anos.

A iniciativa que tornou possível com que a banda se apresentasse para um público mais amplo veio de um projeto idealizado por Luiz Calanca, dono de uma loja de vinis, onde a clientela se diferenciava pelo fato de conseguir também vender seus discos já ouvidos. Batizado de “SP Metal”, tratava-se de uma espécie de festival em que várias bandas jovens e até então anônimas, puderam mostrar um pouco do que sabiam fazer de melhor. O local escolhido para tal foi a Avenida São João, que no passado também serviu de inspiração para uma composição musical.

O empresário disse que sua intenção foi organizar um evento que servisse como uma espécie de vitrine para as jovens bandas. Dessa maneira, os garotos poderiam desfrutar das composições de outros grupos musicais enquanto mostravam seus trabalhos ainda desconhecidos. Com a interação intermediada por Calanca, além de Cassio Audi e seus colegas, outros profissionais ficaram por dentro do que estava acontecendo dentro do cenário nacional do Heavy Metal.

A qualidade ainda muito rudimentar dos equipamentos que gravavam vídeo da década de 1980, segundo algumas pessoas, não retratou com fidelidade o que foi apresentado no projeto. Mas para alguns especialistas, essa ocorrência não afetou o apreço dos fãs pelos discos lançados na época. Algumas bandas conseguiram reconhecimento acentuado pelo fato de terem se apresentado no SP Metal e carregam uma legião de admiradores há mais de três décadas. Com a banda em que Cassio Audi tocava, além da Avenger e da Centúrias, ocorreu da mesma maneira.

A banda Viper, onde Cassio Audi tocava bateria, a partir daquela ocasião começou a ser lembrada por algumas peculiaridades de seus músicos. Para alguns, tal reconhecimento se deve ao fato de que os jovens tocavam seus instrumentos com acentuada intensidade. Assim sendo, os cinco componentes conseguiram imprimir ao grupo musical uma espécie de marca que tornou-se reconhecida há tempos pelos admiradores do trabalho.

O vídeo que apresentou a banda Viper recebeu o título de “The Killera Sword” e foi confeccionado em estilo demo. Seu ano de lançamento foi justamente 1985, quando ocorreu o SP Metal. Com o incentivo de Calanca, Pit Passarell, Felipe Machado, Yves Passarell, Cassio Audi e André Matos conseguiram apresentar seu trabalho aos amantes do gênero Heavy Metal.

O material lançado foi bem recebido pelo público do Brasil, mas no Japão as músicas fizeram maior sucesso, já que as vendas superaram as de bandas lendárias como o Van Halen e o Nirvana. Na Europa os ouvintes também demonstraram grande interesse pelo som do grupo composto pelos cinco rapazes. Houve até mesmo uma comparação, quando foram chamados de “Iron Maiden Brasileiro”, em uma referência à qualidade musical apresentada.