Projeto piloto estimula estudantes de Maceió com atividades físicas coordenadas

Uma parceria entre a Semed (Secretaria Municipal de Educação de Maceió) e o Pnud (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) vem trabalhando desde o mês de agosto de 2018 no projeto Escolas Ativas, que se concentrou em 10 escolas públicas de Maceió. O projeto teve seus resultados apresentados em dezembro de 2019. As notícias sobre o resultado desta importante iniciativa foram divulgadas pela ONU Brasil e por sites relacionados com o assunto.

A apresentação dos resultados do projeto ocorreu durante o evento municipal que reuniu diversas autoridades, como consultores do projeto e coordenadores responsáveis, sem deixar de mencionar centenas de gestores e os professores da rede pública que lecionam nas escolas participantes do projeto. Durante o evento, foi apresentado o “Caderno de Desenvolvimento Humano sobre as Escolas Ativas no município de Maceió, Escolas Mais Ativas”, que trouxe em detalhes a documentação desta importante experiência para o município. O documento tem como objetivo principal servir de base para novos projetos sobre o assunto.

De acordo com Ana Dayse Dorea, secretária municipal de Educação, essa publicação é muito importante para novas iniciativas como essa. “Esse é um trabalho de suma importância onde os resultados obtidos desde agosto de 2018 permitem que essa experiência possa ser replicada em outras escolas de outros municípios brasileiros”.

O evento de apresentação dos resultados do projeto contou com a presença de Rui Palmeira, prefeito de Maceió, que falou sobre os impactos positivos da iniciativa diante dos indicadores utilizados na rede de ensino municipal da cidade. “É devido a parcerias como essa, fundamentais para uma melhora no retrospecto da educação municipal, que os sinais de mudanças positivas começam a ser observados. Não posso deixar de mencionar que Maceió teve um crescimento no último Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), sendo considerada a capital que mais cresceu de acordo com os resultados do índice”. O projeto Escolas Ativas realizado primeiramente em Maceió, tem como objetivo aplicar as recomendações do Pnud sobre a Pesquisa de Escolas Ativas. Para esse projeto piloto, foram escolhidas dez escolas do município, estudando a diversidade entre elas. Foram analisados cerca de 5 mil estudantes do Ensino Fundamental do 1º ao 9º na faixa etária entre 6 e 14 anos. Os estudantes foram conduzidos a atividades específicas propostas pelo projeto e foram observados durante este período. O objetivo é fazer com que as atividades físicas cotidianas sejam levadas a sério pelos estudantes do projeto. Uma das formas de fazer isso, de acordo com o projeto é começando pelas escolas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *