A maneira do cliente, ou como entender seus clientes?

Mover leads pelo funil de conversão da familiarização para a ação direcionada pode ser um caminho difícil e sinuoso. Até você entender cada etapa em detalhes, haverá um risco de erro.

Primeiro, você deve conversar com os especialistas do departamento de vendas ou do atendimento ao cliente – eles se comunicam com seus clientes atuais e com potenciais compradores. Você precisa descobrir informações demográficas, por exemplo, o sexo e a idade de seus clientes, além de fazer um retrato psicológico do seu cliente típico: quais são os interesses de seus clientes, o que eles costumam comprar, como se comportam etc.

Digamos, se você é um vendedor de bebidas de elite, seus compradores típicos serão principalmente homens que moram em cidades e têm renda um pouco acima da média. Entre seus interesses, moda e carros podem ser observados. Essas informações podem ser obtidas em uma pesquisa com gerentes de vendas.

Por que você precisa da imagem de um comprador ideal ou da Persona do comprador?

Os profissionais de marketing geralmente os designam com o termo “pessoa que faz compras” ou “retrato de um cliente ideal”. No entanto, por enquanto, é melhor conviver com o conceito de “característica”, uma vez que é mais generalizado.

Portanto, na etapa anterior, você reuniu informações gerais sobre clientes típicos da empresa. Agora você pode usar as ferramentas de publicidade do Facebook ou de outra rede social para descobrir quantas pessoas se enquadram nessas características demográficas e comportamentais. Por exemplo, no Twitter, você pode usar uma ferramenta chamada Followerwonk para descobrir quais notícias seus clientes comuns estão acompanhando, quais marcas eles estão prestando atenção, quais mídias eles estão lendo e cujos blogs eles estão lendo.

Para esses fins, você pode usar outras ferramentas. Por exemplo, se você pesquisar apenas o conteúdo que seus clientes comuns estão explorando, poderá acessar uma pesquisa no Google. Além disso, você pode explorar as informações no Instagram, Pinterest ou LinkedIn.

Há também uma ferramenta muito útil chamada FullContact. Para usá-lo, você precisará baixar o banco de dados de endereços de e-mail de seus clientes. Depois disso, o próprio sistema encontrará recursos semelhantes em seus perfis nas redes sociais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *