Agrishow 2020 é adiada para abril do ano que vem

A Feira internacional de Tecnologia agrícola — a Agrishow — maior feira do ramo na América Latina, não acontecerá em 2020. Por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a edição de número 27 do evento foi adiada para 2021, e acontecerá entre os dias 26 e 30 de abril, segundo o que informou a organização, no último dia 4 de junho.

A expectativa é que ocasião reúna — na cidade de Ribeirão Preto (SP), onde sempre acontece — cerca de 800 marcas expositoras e mais de 150 mil visitantes. Isso tudo em uma área de 520.000 m². A intenção é trazer o que há de mais novo no mercado em tecnologia agrícola. Vale salientar que boa parte dos equipamentos que são expostos na feira é de grande porte, e envolve até liberação alfandegária.

Em termos econômicos, na edição de 2019, a Agrishow movimentou R$2,9 bilhões de reais em negócios, em cinco dias de duração — número 6,4% maior do que a de 2018. Foram 159 mil pessoas que circularam pelo local. O evento costuma receber a visita de administradores de fazendas e demais áreas rurais, de agricultores, de produtores rurais, de consultores, de engenheiro agrônomos, de técnicos agrícolas e de executivos da indústria e do governo pecuarista.

 A 26° edição da feira internacional também contou com a participação de diversas empresas do setor agrícola e do setor tecnológico — dentre elas, montadoras de veículos e máquinas agrícolas, bem como empresas do ramo aeronáutico e demais tipos de serviços.

Ainda, dentre os segmentos presentes na Agrishow, costumam estar: agricultura de armazenagem (silos e armazéns); agricultura familiar; pecuária; fertilizantes; sementes; equipamentos de segurança (EPIs); equipamentos para irrigação; autopeças; ferramentas; máquinas para construção; transportes; embalagens; produção de biodiesel; serviços financeiros; seguros; revistas e publicações técnicas; e software e hardware.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *