WhatsApp irá elevar patamar de pagamentos digitais no Brasil, dizem especialistas

Após a divulgação de notícias sobre a inclusão do WhatsApp para pagamento e de realização de transferências de dinheiro por meio do aplicativo, os consumidores e usuários do app ficaram otimistas com esse novo recurso. O novo serviço aponta um amadurecimento do mercado de pagamento e transferências digitais no país. Essa forma de pagamento vem se tornando cada vez mais utilizada ao redor do mundo na última década.

Muitas empresas de tecnologia, envolvidas no setor de finanças, especializadas em pagamentos e transferências, tiveram um largo crescimento durante o período. O envio de dinheiro através de aplicativos utilizados por lojas físicas tiveram um crescimento bastante considerável entre 2018 e 2020, saltando de 4% para 21%.

De acordo com informações divulgadas pela consultoria focada em aplicativos, App Annie, há no Brasil uma base fiel de usuários deste serviço digital. Muitos já são oferecidos por bancos e fintechs que enxergaram neste público um grande mercado em expansão. O Brasil é um dos países que mais expandiram sua base de clientes em contas digitais com a França, Indonésia, Canadá, Alemanha, Reino Unido e Rússia.

O WhatsApp já é considerado parte fundamental da infraestrutura de comunicação ao redor do mundo, tendo um dos maiores públicos o brasileiro. A implementação de pagamentos por meio do aplicativo teve o Brasil como pioneiro para este tipo de serviço, considerando que em breve mais empresas estarão oferecendo este serviço no país.

De acordo com o advogado Ronaldo Lemos, os responsáveis pelo WhatsApp quiseram largar na frente por essa disputa de mercado que acabou sendo intensificada pela pandemia de coronavírus.

“Com a pandemia, os serviços digitais tiveram uma alta bastante relevante, principalmente os de comunicação e pagamento. Esse é um reflexo da necessidade de serviços de pagamentos e transferências que bancos tradicionais e empresas deixaram de investir na última década”, explica Lemos. “No caso do WhatsApp, já existe um serviço bastante amplo de rede social entre as pessoas. A ideia de utilizar essa ampla rede de comunicação para pagamentos e transferências pode elevar ainda mais o patamar de amadurecimento do país nos serviços digitais”, reforça Lemos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *